28/08/2012

Marabá: Tião Miranda (PTB) e João Salame (PPS) em empate técnico

Shot009

O “Blog do Hiroshi” publicou pesquisa de intenção de votos para a prefeitura de Marabá. Os resultados mostram os deputados estaduais Tião Miranda (PTB) e João Salame (PPS), em empate técnico:

> Espontânea

Shot008

> Estimulada

Shot007

A pesquisa realizada entre os dias 23 e 25.08, pela Doxa Comunicação, ouviu 800 pessoas nas zonas urbana e rural, está registrada no TRE-PA sob nº PA-00054/2012 e a margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Clique aqui para maiores detalhes.

10 comentários:

  1. Nunca vi, a essa altura das eleições, os votos da pesquisa espontânea serem iguais aos da estimulada.

    ResponderExcluir
  2. Caro Parsifal,
    O blog do Zé Dudu publicou outra pesquisa com números absurdamente diferentes.
    No caso quem sofre é o eleitor que fica como marionete, sem saber quem está mentindo.
    Afirmo isso, porque com números tão díspares, tem um mentiroso nessa história.
    Como seu blog busca manter todos infirmados, até por uma questão de isonomia, deveria divulgar a outra também. Se possível, logo em seguida a postagem dessa primeira pesquisa.
    Infelizmente, apenas com a divulgação de uma pesquisa com instituto de credibilidade nacional, poderemos ver, ou mesmo após o resultado das eleições, quem é o PINÓQUIO.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recebi, para publicação, apenas a pesquisa da Doxa. Terei prazer em publicar a outra se me for enviada. Mas é fato que as pesquisas eleitorais, tanto na capital quanto interior, viraram uma certa brincadeira.

      Excluir
  3. Parsifal o Hirosche passou da imprensa marrom pra sociólago com especialisação em, ter medo do TIÃO.

    ResponderExcluir
  4. Parsifal li esta pesquisa e fiquei intrigado com seus fundamentos teóricos, expressos no pedido de registro. Lá esta com todas as letras que o erro amostrai foi calculado usando a formula de Tagliacarne. Se vivo fosse, Guglielmo Tagliacarne (faleceu em 1979) agradeceria sobremaneira o responsável técnico da pesquisa, por atribuir-lhe uma autoria que não e sua. Guglielmo foi estatístico e escreveu vários livros de pesquisa, porém jamais elaborou ou criou formula de determinação de erro amostrai, especialmente a citada. Assim entendo, que o desconhecimento técnico demonstrado pelo responsável pelo trabalho, compromete sobremaneira a credibilidade do que faz.

    ResponderExcluir
  5. Ei Parsifal, realmente existe uma outra pesquisa com números bem, mas bem diferentes, li no BLOG DO ZÉ DUDU. Dê uma olhadinha lá que você verá...

    ResponderExcluir
  6. Li o comentário do anônimo acerca da divulgação pelo seu blog de uma pesquisa da Doxa onde apresenta um empate técnico, exatamente a que vc divulgou.
    Todavia, o blog do Zé Dudu publicou duas, a Doxa e uma tal Bureau, dando dados totalmente opostos.
    Percebi também que vc afirmou que não divulgou a outra por conta de não ter recebido o resultado.
    Mas me desculpe deputado, mas sou "acessante" de seu blog diariamente, e, já vi várias situações em que vc buscou informações em outros blog's para divulgar no seu.
    Então acredito que isso será realizado.
    Sempre foi essa sua postura, não seria agora diferente.
    De mais a mais, não acredito em nenhuma das pesquisas, não apenas pelos institutos que realizaram, mas e sobretudo, pelos contratantes que estão ligados diretamente a campanhas dos candidatos João (Hiroshi/Doxa) e Tião (Fox/Bureau).
    Vamos aguardar mais uma pesquisa, se possível, realizada por alguém que não seja ligado a nenhuma das campanhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não leio todos os blogs do Sul do Pará, fui ver ontem, o do Zé Dudu, por observação do comentarista e está programada uma postagem para essa noite com a outra pesquisa.

      Excluir
  7. Esse é o Parsifal.
    Valeu deputado.
    Mais uma vez vc mostra, que independente da postura política sua, sempre busca mostrar todos os lados.
    Reafirmo que sempre busco informações no seu blog, justamente por essa postura.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  8. METODOLOGIA BABELICA MARABAENSE

    Meu Caro Deputado

    Para começar eu acho que o Salame deva ser testado como gestor em Marabá, o Tião já teve sua chance e apesar de na época ter o inteligentíssimo Daniel Franco (Construfox) como Guru não foi lá essa Coca Cola toda como gestor, imagine agora ele já falecido!

    Acho que a pesquisa pode realmente expressar o que ocorre em Marabá, afinal eu senti uma polarização entre Tião e Salame com uma tendência acentuada para o segundo quando estive na cidade logo após uma passeata de mulheres!

    Acho que essa pesquisa é compatível com a realidade Marabaense agora para seu resultado não ser mera coincidência eu que já havia dito que não mais entraria em detalhes sobre “pesquisas” volto minha palavra atrás, não sou rei, mas um simplório mestre e assim gostaria de tirar algumas duvidas!

    Será que foi uma interpretação de um ensaio com contribuição metodológica aplicada no campo da analise espacial, tendo como características as questões utilizadas direcionadas a economia local onde o crescimento local é medido pelo capital humano?

    Será que foi uma sacada de gênio usar variáveis territoriais buscando uma tendência para consumo e projeção de lucro de sufrágio?

    Será que houve monitoramente das principais variáveis territoriais para descobrir novos indicadores sintéticos do desenvolvimento local identificando renda de urna?

    O que eu não acho é que alguém já falecido que usava certa ciência para pesquisa de mercado seja agora interpretado por um não contemporâneo como dotado para política!

    Tenho certeza porem que tal estatístico responsável por essa pesquisa esta capacitado para racionalizar e aperfeiçoar rede de distribuição bem como fazer estudos e dissecar dados e indicadores para informar a melhor maneira do cliente atender suas necessidades, assim como opinar sobre poupança , renda e consumo, afinal ele usa o nome Guglielmo Tagliacarne!

    Se tivesse mencionado Giordano Dell'Amore ainda estaria parcialmente incorreto porem o erro seria menor e menos gritante!

    Em tempo eu ainda guardo o livro Pesquisa de Mercado publicado pela atlas em 78 , onde geografia de marketing não é síntese, aplicações das pesquisas de mercado não é resumo nem obstáculos territoriais em pesquisas de mercado não são charadas sincopadas ou não dava para encher 468 paginas!


    No meu ínfimo conhecimento sobre o tema a única ligação que tal defunto teve com política foi quando estava em cana e ensinava seus algozes britânicos em troca de benesses tipo frutas coisa que os companheiros de amarguras não tinham, ainda assim na 2ª guerra mundial.

    O loco meu!

    MCB

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.